segunda-feira, 28 de maio de 2012

O valor de mãe de filhos crescidos...


Só se sabe o significado de uma mãe de filhos crescidos quando temos a oportunidade de ser pais e mães de filhos pequenos. A dor que chora junto e consola os corações de filhos grandes só pode se esperar de uma mãe, avó de verdade, de uma mãe de filhos grandes que nunca vai esquecer seu papel, sua missão: Amar incondicionalmente, esperando que os netos venham e neles possam eternizar os mais doces momentos, em uma nova etapa de missão; Sendo mãe duas vezes.
Pergunte a uma avó o quanto passou por causa dos filhos e seguidamente o que suportaria de dores por causa dos netos e assim saberá exatamente que ser mãe pode ser padecer em um paraíso, mas ser vó é preocupar-se com o paraíso dos filhos, tratando dos padeceres de filhos e netos.
Quantas avós são mães duas vezes literalmente? Acalentam e criam seus netos em favor dos seus filhos criados. Seja pela força da ausência permanente dos pais pelos revês e a fragilidade da matéria carnal humana ou tão somente pela momentantânea necessidade de que nos filhos crescidos temos de dar uma educação carinhosa e mais acolhedora aos nossos pequenos diante das dificuldades de horários de trabalho e luta pelo sustento.
Não dá para ressumir o papel de uma mãe de filhos crescidos nas vidas que se iniciam em nossa vida. Avó, essencialmente mãe é o exemplo de amor mais sublime de Deus por nós. Pois, Ele tão seguramente nos cuidou desde o envio para essa vida que nos pós aos cuidados de um anjo chamado mãe e primando mais uma vez pela perfeição deixou as mães a orientação de um outro ser angelical superior, A avó.
Em meio á pensamentos sobre a perfeição da criação chego a conclusão que parte fundamental da parceria Deus e homem na manutenção da humanidade sempre vai passar pelas mãos que revelam carinho em um simples toque, olhos que transbordam amor ao falar de seus filhos grandes e seus pequenos netos, palavras que modificam vidas pela entonação zelosa e cheia de sabedoria e a segurança que transmitem a sua simples companhia, e passam a nós filhos crescidos que sorrindo ou chorando, caindo ou levantando estaremos sempre acompanhados no desafio da vida de criar filhos amados.
Lia Joca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Que bom que está aqui,
Vamos trocar idéias? Deixe aqui sua dica, dúvida, comentário ou quem sabe ajude-nos a escrever o próximo post nos dizendo sobre o que gostaria de ler.
Abraço,
Lia Joca